Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2017

103 anos com vitória Alvinegra !!!!!!!!!!!!!

Imagem
O Vozão de Porangabuçu vence o Londrina sem Richarlisson e Ricardinho e fica entre os cinco primeiros no final da quarta rodada da Série B.
O Alvinegro sexta-feira à noite que passou,   teve muita dificuldade de vencer o Londrina, um time bem organizado táticamente e bem cascudo segundo o técnico alvinegro Givanildo Oliveira.
Mas devido a persistência alvinegra o Vovô furou o gol Londrinheño aos 45 do segundo tempo. Um gol que completou a festa da torcida, já que o clube estava fazendo 103 anos de vida.
Com um público de 40 mil torcedores, o time transmitiu ainda mais confiança e o torcedor que é uma verdadeira Nação, demostrou muita esperança do que ainda estar por vir. 
Parabéns Ceará Sporting Club !!!!!!!!!!


Ceará vence a segunda partida fora !!!!!!!

Imagem
Ceará Sporting mostrou qualidade e frieza para derrotar o Brasil de Pelotas dentro de sua própria casa.
Com um jogo bastante difícil, o alvinegro mostra a cada rodada que passa, que não está para brincadeira nesta série b 2017.
Com uma estratégia bastante diferente em relação a derrota sofrida pelo América MG,  o alvinegro supreendeu o adversário em Pelotas logo no início do jogo. 
Com a vitória praticamente nas mãos no segundo tempo, o alvinegro deixou o adversário despertar e quase virar a partida. Mais a estrela que brilha em Givanildo Oliveira brilhou mais forte de novo e o Vozão de Porangabuçu saiu com o objetivo alcançado pelo técnico alvinegro.
O Vozão já venceu duas partidas fora de casa e contra adversários fortes que almejam o acesso no fim do ano.
Agora com dois jogos em casa e com sua imensa torcida a seu lado, o Vozão tem tudo para engrenar uma sequência de vitórias e mostrar para quem esta na frente no momento, que o Gigante Alvinegro está chegando.







Mais uma vez, tropeço Alvinegro dentro de casa. Lamentável !!!!!!!!

Imagem
É inacreditável  como a diretoria atual do Ceará Sporting Club não consegui acertar um time de futebol. Ontem após mais um tropeço contra o Luverdense, para mim um time fraquíssimo assim como é o Santa Cruz, a diretoria enfim, tomou providências em mudar toda a comissão técnica. Não se admite um time de futebol de profissionais preparados para aquela função viver se queixando de cançasso.
Isso para mim só tem uma explicação, falta profissionalismo só isso. Me perdoem mais estou cançado de perder e dizer esta mesma desculpa, estamos cansados , até o presidente Alvinegro aderiu este Slogan no programa do trem bala esta semana.
A verdade é que este time é fraco, e tem mais se continuar com esta  conversinha fiada que vai melhorar sem tomar atitudes reais e não contratar um time de vergonha. Uma hora dessas vamos acabar mesmo caindo   de divisão por irresponsabilidade de só gastar sem saber contratar.
Aliás dar até para suspeitar se o Alvinegro caiu de novo em mãos de empresários que só quere…

Lamentável perder para base do Santa Cruz em casa.

Imagem
Após o fracasso do jogo passado com a derrota de 3x1 dentro de casa para o time base do Santa Cruz. Ficou provado que elenco Alvinegro não está a altura de uma disputa para Série A.
A diretoria tem que rever conceitos, pois não admite um clube como o Ceará Sporting Clube, com a torcida que tem e a estrutura imposta hoje, não ter um time competitivo e se deixar perde de virada sem nenhuma reação para um time reserva e pagamento atrasado.
Olha o Ceará caiu em 2011 e até agora nada de acesso, será que a torcida vai ter que esperar 20 anos de novo pelo acesso... em quanto nossos có irmãos baianos e pernanbucanos cai em um ano e sobem no outro.
Não venha a diretoria  com a desculpa que a estrutura e investimento destes clubes seja outro. Isto se chana mesmo é má vontadade e falta de trabalhar com compromisso de resultado. Pois quem trabalha direito e com vontade de vencer, sempre fiscalizando e se comprometendo com o trabalho, dúvido que não atinja objetivos.
Eu como torcedor estou decepciona…

Vozão vence o Horizonte e dispara na liderança.

Imagem
O Alvinegro de Porangabuçu confirma o favoritismo e vence o Galo do Tabuleiro. 
No  primeiro tempo o Vovô foi o dono da partida, com o gol de Alex Amado, o Mais Querido do estado disparou na liderança já na fase inicial. 
Já no segundo tempo, a partida se tornou um pouco mais disputada, Horizonte tentou equilibrar, e o Ceará chegou até a um certo momento do jogo, a correr risco do empate, até que Felipe Tontini cria uma jogada finalizada em gol de Richarlyson, e dando assim, rumos finais a partida.
O destaque da partida foi a  perseguição de uma parte da torcida ao jogador Sandro, que não comprometeu em campo. 
Sandro, é um grande jogador que vem de uma má fase do ano passado,  e vem sim se recuperando dentro de campo. Acho legal o torcedor exigir uma zaga mais eficiente que seria com Luiz Otávio em campo no lugar dele.
Mais não é correto perseguir o craque alvinegro, que mesmo sofrendo muita perseguição por parte da sua própria torcida mostrou muita personalidade em campo e não se d…

Arquivo C.S.C. - 1964: Time de "Bozó" tira os Intocáveis.

Imagem
Era o ano de 1964, Ceará e Náutico Capibaribe decidiam quem seria o representante nordestino na fase final da Taça Brasil, o brasileirão da época.
Os pernambucanos eram imbatíveis a mais de um ano, não perdiam para ninguém e eram chamados pela imprensa pernambucana de os intocáveis, devido a sua hegemonia.
Enfim o Alvinegro de Porangabuçu tinha no seu caminho um time muito difícil de encarar. Já no primeiro jogo, num confronto de três, o Vovô perdeu  por 3x0 nos Aflitos, partida realizada no dia 29 de setembro. Após o jogo jornais pernambucanos zombando do alvinegro de Porangabuçu postaram  uma foto do Ceará em que o time estava de costas e o batizou chamando de time de Bozó.
Isto pegou muito mal na imprensa cearense já que o Ceará era um time muito bom também, e perdera o jogo daquela forma devido as circunstância da partida.
E o Náutico não tinha o direito de humilhar o Vovô daquele jeito. Na segunda partida o alvinegro não perdeu a oportunidade de jogar em casa em pleno PV lotado …

Arquivo C.S.C. - 14/02/1993 - Goleada histórica : Ceará 9X1 Ferroviário.

Imagem
O dia 14 de fevereiro de 1993, ficou marcado para o Ceará Sporting Club e para Dimas Filgueiras o técnico daquela partida, como o jogo histórico, devido a maior goleada enfiada no time Coral.
Este confronto ocorreu no estádio Castelão, pela disputa do campeonato Cearense de 1993. O jogo foi tão histórico que o jogador Osmar do Ceará, marcou um gol em pleno meio de campo, sendo inclusive o gol do fantástico daquele ano.
O Campeanato era disputado por três turnos e durava o ano inteiro. O Ferroviário chegou ainda a disputar o final do segundo turno, onde perderia de novo para o Vovô, só que de 1x0.
Já o Alvinegro de Porangabuçu seria Bicampeão arrastão pois conquistaria os três turnos e o 33° Campeonato Cearense.

O Vozão derruba o último ínvicto e assume a líderança do estadual.

Imagem
Ceará vence e convence o torcedor alvinegro, com uma bela apresentação dentro de campo.
No primeiro tempo, o Alvinegro se postou muito bem, desperdiçou três chances reais de gols com Alex Amado, Lelê e com Magnata já no finalzinho do primeiro tempo.
O Ferroviário com um esquema bem ofensivo tentou prender o Alvinegro de Porangabuçu no seu campo de defesa. O time Coral sempre levando perigo com o ex-alvinegro Mota, o qual o torcedor do Vovô tem muito respeito.
Já no segundo tempo, o Vozão foi o dono do jogo, um time bem incorpado dentro de campo, como a muito tempo não se via. Tenho certeza que todo torcedor Alvinegro encheu-se de expectativa para os próximos jogos.
Magnata decisivo como sempre e em campo decidiu o jogo, marcando seus 94 gols pelo time de Porangabuçu, desbancando assim o último ínvicto e dando ao Vovô a liderança do campeonato cearense.


Jogo sem graça, mais que valeu três pontos.

Imagem
O Alvinegro de Porangabuçu com muita dificuldade venceu o Tiradentes por um a zero.
O time de Porangabuçu apresentou um futebol lento, e não conseguiu de forma alguma fugir da marcação do Tigre.
Com o gol de Rafael Costa bem posicionado, o Ceará se safou de uma vaia ainda maior no final do jogo. 
Mesmo assim, não apresentando um bom futebol, o alvinegro de Porangabuçu assumiu a briga pela liderança do campeonato, tirou a ivencibilidade do Tiradentes e ainda barrou o melhor ataque da competição.
Nota: Já Rafael Costa  por uma infelicidade da partida, se machucou sozinho numa disputa de bola no primeiro tempo e deixou o campo carregado, preocupando toda a torcida alvinegra, pois vai ficar afastado dos gramados de cinco a seis mês.