Pular para o conteúdo principal

Jogo dos apagões, A batalha dos Gigantes na luta pelo acesso a série A 2010

Quem não lembra daquele dois apagões no jogo contra o Guarani de Campinas SP em pleno Castelão, o jogo que poderia ter sido naquele dia  o acesso do Vozão a série A se tivesse vencido.
Ceará e Guarani empatariam em 2x2. Onde o time Paulista abriria o placar aos 46 do primeiro tempo, com Léo Mineiro.


Ainda nos acréscimos do primeiro tempo, o Vozão de Porangabuçu empatou o jogo. Fábio Vidal cobrou o escanteio, a bola espirrou na área e Geraldo de cabeça, lançou Anderson que bateu na saída de Douglas, e empata a partida para delírio alvinegro.

O jogo, que estava muito disputado, ganhou um balde de água fria aos 19 minutos do segundo tempo, quando a partida foi paralisada pela primeira vez devido ao " primeiro apagão" no estádio.

Após cerca de 40 minutos, a energia voltou e a partida recomeçou, a tensão era imensa e menos de dois minutos após o reinício, Jorge Henrique cobrou falta com capricho e o goleiro Lopes fez mais uma boa defesa.

Logo na sequência o Guarani armou bom contra-ataque e chegou ao segundo gol, com Ricardo Xavier que recebeu a pelota e tocou para Léo Mineiro bater na saída de Lopes e marcar o seu segundo gol na partida.


O jogo ficaria muito dramático a partir dali. nove minutos depois, ouve o  segundo apagão no Castelão. Muitos torcedores, não acreditaram no que estava acontecendo, e muitos deixariam o estádio já não acreditando mais, pois a arbitragem estava analisando encerrar a partida. 

Para desespero do Guarani que seria o grande beneficiado a iluminação dos refletores voltariam e mesmo após o protesto do bugre, o árbitro Luis Antônio Silva dos Santos reiniciou o jogo.
E o Ceará conseguiu o empate. João Marcos cruzou, a bola passou por todo mundo e morreu no cantinho do gol de Douglas: 2 a 2 no Castelão.

O Vozão não conseguiria seu objetivo de acesso naquele momento, mais ganharia muita moral e a convicção de que ninguém tiraria a vaga do alvinegro na luta pelo acesso a elite do futebol brasileiro.










Postagens mais visitadas deste blog

Vozão bate seu maior Arco-rival e chega na final da Copa do Nordeste 2020

O Vozão na noite de 28 de julho de 2020, chegou a sua terceira final do Nordestão na década, só que desta vez com um sabor ainda mais especial, pois o Alvinegro de Porangabuçu venceu o seu maior rival da história, o Fortaleza e na semifinal da Copa do Nordeste. Com um jogo ditado pelo Vovô, o time tricolor ficou perdido em um nó tático imposto por Guto Ferreira, treinador do Ceará. O Ceará Vozão entrou em campo focado do que queria, e já nos primeiros minutos mostrava que o jogo ia ser duríssimo para o Leão do Pici. Uma parte da imprensa  apostava numa vitória fácil do time de Rogério Ceni, mais esqueceram de avisar ao Ceará que sempre cresce em decisões, e este jogo não foi diferente, o Vovô sabe que para vencer clássico, tem ter um algo mais, e isso o Mais Querido do Estado mostrou desde o início do jogo com muita garra, raça e disposição  misturado com a técnica e a inteligência dos jogadores que tem muita qualidade e a frieza que um time campeão tem que ter. No pri

Ceará estreia com derrota no Brasileirão 2020

A estréia do Alvinegro de Porangabuçu na noite de 08 de agosto de 2020, não foi das melhores, o Mais Querido perdeu por 3x2 para o Sport de Recife. Mesmo com portões fechados devido a pandemia, o Vovô jogou fora de casa e sentiu bastante dificuldade no jogo.

Vozão bate o Fortaleza e pula para a ponta da tabela na Série A 2020

Vozão entrou em campo na noite de 02 de Setembro de 2020 e venceu o Fortaleza, partida válida pela 7° rodada da Série A. Na etapa inicial o jogo foi disputado no meio campo, onde o Alvinegro jogou praticamente no erro do adversário. Já o Fortaleza com uma posse de bola incrível, pensou que na hora certa iria marcar o gol, até que surgiu o momento, mais a incompetência do ataque tricolor não funcionou.  Já o Vovô bem postado em campo e com uma estratégia perfeita marcou o primeiro gol e único do jogo aos 43'  em uma jogada criada por Cléber, que após ter sofrido um empurrão de Carlão toca a bola para Fernando Sobral que passa ela para Charles em uma velocidade incrível, cruza a pelota quase sem campo nos pés de Vina que não desperdiçou.... Gooooooolllllll do Vozão !!!!!!!!!!! A alegria foi intensa tanto para os jogadores, como para o torcedor do Vozão, que via o time dar um pulo na tabela de classificação e para completar vencia seu maior rival da história. A