Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2017

Chamusca estreia com Vitória no Alvinegro de Porangabuçu

Marcelo Chamusca fez uma estreia de alto nível no comando do Ceará contra o Oeste. Fez 3 x 0 logo no primeiro tempo e assegurou os três pontos almeijados.

O técnico além de estrear com o pé direito, deu muita sorte pois Ricardinho voltou a titular justamente na sua estreia.
Um jogo que ele já no primeiro jogo, conseguiu pela primeira vez manter no elenco alvinegro um equilíbrio durante todo a partida, pois era uma deficiência do Vovô, que sempre acabava tropeçando devido a falta de equilíbrio em campo.
Chamusca agora joga fora contra o Paraná, onde o Ceará ano passado empatou de 2x2. O Vozão que vem fazendo uma das melhores campanhas nesta série b 2017 fora de casa,  vai para mais um desafio. Boa sorte Ceará Spirting Club.
Autor: Márcio M.

Zagueiro Sandro deixa o Ceará !!!!!

A diretoria Alvinegra informou neste sábado que passou a saída de Sandro. Um craque elogiado por uma parte da torcida e odiado por outra parte.

A verdade é que Sandro está no clube a três anos onde brilhou bastante ganhando o Campeonato Cearense e a Copa Nordeste além de uma excelente campanha na Copa do Brasil de 2014.
Mais devido a uma lesão, o seu período de recuperação deu espaço a outros craques que jogaram a sua altura. Com sua volta em campo o seu rendimento não foi mais o mesmo, acredito eu por falta de ritmo de jogo, mais que o torcedor não perdoou devido já ser ídolo no Alvinegro.
O desgaste com o tempo foi inevitável.
Sandro jogou 130 partidas no Alvinegro e marcou 13 gols.
Ele resolveu sair pois já não via muita expectativa no Vozão, e devido também a ser requisitado em alguns clubes do país O que resta é desejar uma boa sorte e obrigado por honrar o manto Alvinegro.

Chico o goleiro Vice-Campeão da Copa do Brasil 1994

Chico foi uma das peças chaves naquela campanha. Um goleiro com uma qualidade acima do normal e uma experiência profissional invejável, honrou o manto alvinegro quando era jogador, este é um daqueles craques que deixa saudade até hoje.

Chico começou a carreira no início da década de 1980. Foi campeão pela seleção brasileira no Sul - Americano sub -20 em 1990 . Vestiu ainda a  camisa de vários clubes...
Eu tinha 16 anos quando o Ceará Sporting Club fez história no futebol brasileiro e tenho na memória para mim, o maior goleiro que o Alvinegro já teve.
Veja o histórico do grande craque Chico
Nome completo: Eduardo Henrique Hamester. Apelido: Chico. Data de nascimento: 20/01/1967. Natural: Itapiranga/SC. Clubes como jogador: Grêmio/RS, XV de Piracicaba/SP, Treze/PB, América/RJ, Bahia/BA, Rio Branco/SP, Ceará/CE, Criciúma/SC e Remo/PA. Clubes como preparador de goleiros: Grêmio/RS, Camboriuense/SC, Pelotas/RS, Cerâmica/RS, Veranópolis/RS e Ceará/CE.

Fonte: cearasc




1964: Time de Bozó tira os Intocáveis

Era o ano de 1964, Ceará e Náutico Capibaribe decidiam quem seria o representante nordestino na fase final da Taça Brasil, o brasileirão da época.

Os pernambucanos eram imbatíveis a mais de um ano, não perdiam para ninguém e eram chamados pela imprensa pernambucana de os intocáveis, devido a sua hegemonia.
Enfim o Alvinegro de Porangabuçu tinha no seu caminho um time muito difícil de encarar. Já no primeiro jogo, num confronto de três, o Vovô perdeu  por 3x0 nos Aflitos, partida realizada no dia 29 de setembro. Após o jogo jornais pernambucanos zombando do alvinegro de Porangabuçu postaram  uma foto do Ceará em que o time estava de costas e o batizou chamando de time de Bozó.
Isto pegou muito mal na imprensa cearense já que o Ceará era um time muito bom também, e perdera o jogo daquela forma devido as circunstância da partida.
E o Náutico não tinha o direito de humilhar o Vovô daquele jeito. Na segunda partida o alvinegro não perdeu a oportunidade de jogar em casa em pleno PV lotado e ven…

Ceará 9X1 Ferroviário.

O dia 14 de fevereiro de 1993, ficou marcado para o Ceará Sporting Club e para Dimas Filgueiras o técnico daquela partida, como o jogo histórico, devido a maior goleada enfiada no time Coral.
Este confronto ocorreu no estádio Castelão, pela disputa do campeonato Cearense de 1993. O jogo foi tão histórico que o jogador Osmar do Ceará, marcou um gol em pleno meio de campo, sendo inclusive o gol do fantástico daquele ano.
O Campeonato era disputado por três turnos e durava o ano inteiro. O Ferroviário chegou ainda a disputar o final do segundo turno, onde perderia de novo para o Vovô, só que de 1x0.
Já o Alvinegro de Porangabussu seria Bicampeão arrastão pois conquistaria os três turnos e o 33° Campeonato Cearense.
fonte: GLOBOESPORTE.COM