Títulos do Ceará Sporting Club

Penta Campeão: 1919 45 Títulos Estaduais: 1915 / 1916 / 1917 / 1918 / 1919 / 1922 / 1925 / 1931 / 1932 / 1939 / 1941 / 1942 / 1948 / 1951 / 1957 / 1958 / 1961 / 1962 / 1963 / 1971 / 1972 / 1975 / 1976 / 1977 / 1978 / 1980 / 1981 / 1984 / 1986 / 1989 / 1990 / 1992 / 1993 / 1996 / 1997 / 1998 / 1999 / 2002 / 2006 / 2011 / 2012 / 2013 / 2014 / 2017 / 2018.

Torneio Norte-Nordeste: Campeão 1964,1969. Copa do Brasil: Vice Campeão 1994. Copa Verão de Recife: Campeão 1997. Copa dos Campeões Cearenses: 2014. Copa do Nordeste: Campeão Invicto 2015,2020.

Ceará Sporting Club

Jorrou Petróleo no Ceará

O atacante Petróleo nasceu no dia 24/07/1961 em Catanduva SP. Começou sua carreira nas categorias de base do São José do Rio Preto, onde logo chegou a seleção paulista juniores. Visado por sua qualidade dentro de campo, o Botafogo RJ o contratou onde passou vários anos, depois saiu para América MG e Coritiba onde depois retornou para o Botafogo em 1985.
Tendo Pelé e Cláudio Adão como seus dois ídolos o craque sempre procurava se espelhar neles.

No ano de 1986 com uma negociação ousada de Franzé Morais junto com o supervisor Dimas Filgueiras, o craque desejado por vários times brasileiros vestiria a camisa do Ceará Sporting Club que a muitos anos procurava um centroavante nato.

O craque Petróleo caiu logo nos braços dos torcedores Alvinegros, com o bordão criado entre a torcida que diziam "Jorrou Petróleo no Ceará".

O Ceará Vozão foi campeão naquele ano, tinha um verdadeiro elenco de ouro, atletas como Argeu, Lula, Hamilton Rocha, Rubens Feijão, Lira,  Gerson Sodré, o volante Oliveira Canindé, o goleiro Salvino  e agora também Petróleo;  Rubens Feijão foi o artilheiro do certame  naquele ano com 30 gols.

Em 1987, o Ceará negocia o atleta com o Sporting de Portugal, onde jogou ainda no Figueira e Esposende também times Lusitanos. Com problemas de várias lesões no joelho teve uma carreira comprometida. Em 1996 Petróleo retorna a Porangabuçu com o objetivo de se aposentar no Alvinegro, mais devido ao dirigente e amigo Valmir Araújo em 1997 aos 37 anos disputou o Campeonato Cearense pelo Quixadá.

Petróleo fala que um dos jogos mais marcante de sua carreira foi no Ceará, um jogo contra o Atlético MG onde venceu por 2X0, com os dois gols dele.

Hoje o ex-atacante ensina uma escolinha de futebol.. sempre com aquele espírito guerreiro e irrequieto que brigava contra os zagueiros dentro de campo, o craque passa experiência a jovens promessas e futuros jogadores.

fonte: Diário do Nordeste

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Magnata o Craque Alvinegro está de volta - ano 2016

Geraldo foi um dos maiores meias e líderes da história alvinegra

Agora é final da Copa do Nordeste 2020

Memória da volta a Série A depois de 16 anos.

Títulos do Ceará Sporting Club