Estadual 2006 Um título inesquecível


Lembro do ano de 2006, com 26 anos, nunca esqueci aquele título para mim o maior de todos os estaduais até agora. O Ceará Vozão vinha muito fraco no primeiro semestre, até mesmo por motivo de falta de entrosamento, ao ponto de chegar a levar duas goleadas no estadual do seu maior rival que na época era time de 1° divisão e buscava um tetra inédito, era considerado um time a ser batido, devido a qualidade de seu elenco.

A gozação já era grande por eles estarem na série A e nós série B, imagina com as duas goleadas metidas no Vozão. O título estadual para eles era questão de tempo.

Mais o que o torcedor tricolor esqueceu e menosprezou, foi que o Ceará é o time dos jogos impossíveis, é o time de glória e de jogos surpreendentes, não é a toa que este time tem a maior torcida do Nordeste,  e quem torce por ele não consegue deixar mais.
Enfim, Mesmo não jogando bem o Alvinegro de Porangabuçu chega a final do estadual 2006. 

Na decisão uma parte da impressa puxa saco, dava certo o título fácil ao tricolor cearense,que seria mais goleadas a vista.

Mas a impressa séria e imparcial, falava em jogo duro, que o tricolor poderia levar a taça, mais não seria tão fácil, pois o Ceará não era qualquer equipe.

Lembro como hoje o primeiro jogo da decisão, vários carros desfilando nas ruas e torcedores vibrando muito falando em goleada e massacre de gols dentro de campo. 

Mas o que aconteceu naquele primeiro jogo foi um Ceará bem postado em campo, e com muita raça e objetivo de vencer o jogo, foi o que aconteceu.

A torcida tricolor não acreditava no resultado. No segundo jogo, não deu outra, o Vozão fez uma estratégia infalível com o técnico Zé Teodoro e foi o dono do jogo.O Ceará venceu novamente e  com um gol de Vinícios Reinaldo de uma arrancada espetacular de Aleluia conquistando assim o 39° título estadual.

Comentários