Ceará elimina o Flamengo de Ronaldinho gaúcho em 2011

Aquela Copa do Brasil de 2011, o jogo era contra o Flamengo RJ, quartas de finais, o Rubro-negro era um super time, com Ronaldinho Gaúcho, Thiago Neves e companhia.

No primeiro jogo lá no Maracanã, a imprensa sulista  tentou usar o Ceará como mais um daquela quartas de finais, não acreditando que o super Flamengo invicto jamais poderia cair para um simples Ceará. 

Esquecendo que o Ceará Vozão é um gigante do Nordeste e tem história na Competição, pois já tinha chegado em uma final em 1994 e uma semi- finai 2005,  além de eliminar este próprio Flamengo em 2005 na mesma competição, o torcedor Alvinegro sentia que o Ceará ia aprontar para cima do Rubro-negro carioca de novo. 

No dia jogo a festa estava preparado para mais uma noite de gala no Maracanã, Flamengo tinha 24 jogos de invencibilidade mas perderia para o Vovô naquela noite (Nicácio e Geraldo), 2 X 1 (Wanderley).

O Ceará caia a partir daquele resultado, nas graças dos adversários cariocas onde ganharia um bordão " A carroça desembestada ".   depois de vencer o Rubro Negro que era um time a ser batido 

Para a  segunda partida criou-se toda aquela expectativa de duelo durante toda a semana. 

O Alvinegro de Porangabuçu iria desbancar o time milionário do Flamengo da Copa do Brasil... 

O dia do jogo chegou e foi o jogo mais esperado do ano até aquele momento.

O Vozão entrou com uma estratégia defensiva sobre o adversário, pois tinha uma vantagem e tentaria sustentar.

O Flamengo foi para cima logo no início do jogo, o time carioca estava focado em tirar a vantagem do Ceará e carimbar a classificação em pleno estádio Presidente Vargas na capital cearense.

No primeiro tempo o placar se sustentou empatado até 19 minutos quando Ronaldinho deu um cruzamento da esquerda açucarado nos pés de Thiago Neves que marcou o primeiro gol, logo depois já aos 27 minutos em jogada em cima de João Marcos, Thiago Neves de novo agora com um chute da diagonal da direita fora da grande área marcou o segundo gol do Flamengo.

O jogo ficou tenso para o Alvinegro que precisava reagir então o técnico Mancini do Ceará resolve tirar Vicente e colocar Osvaldo, com isso o Vovô ganhou muita velocidade em campo e começou a peitar o Flamengo.

Aos 35 ainda do primeiro tempo Osvaldo numa arrancada sofre falta no campo de ataque. Com uma batida perfeita do craque Osvaldo na cabeça de Washington o Vozão diminuía a diferença do marcador e colocaria a pressão de novo no Flamengo.

Logo após uma trombada no Osvaldo próximo a área, o zagueiro Ronaldo Angelim recebe o cartão vermelho e sai revoltado após expulsão.

Na sequência Thiago Humberto bate a falta que acaba indo para escanteio do lago direito. 

Osvaldo bate o escanteio na cabeça de Thiago Humberto  que vence a zaga do Flamengo a espirra no chão e Washington de novo marca aos 41 do primeiro tempo o empate do jogo.

O Flamengo, e acredito o Brasil inteiro não acreditou de tamanha ousadia do Ceará, em buscar o marcador.

Após final do primeiro tempo, ouve um tumulto por parte do Flamengo, pressionando a arbitragem, por não admitir o empate, tentando intimidar o juiz.

No segundo tempo, Fernando Henrique o goleiro espetáculo fechou o gol com defesas espetaculares e segurou a classificação.

Após o jogo outro tumulto por parte do Flamengo que não aceitava a desclassificação para o Ceará.

Já o Vozão carimbaria a classificação e chegaria a 3° semi-final da Copa do Brasil.

Fonte: globoesporte.com






Comentários